30 de nov de 2011

SOLIDÃO...


Quando menos se espera, ela vem e você não se livra dela tão cedo.
É uma consequência de quem soube amar mas não soube ser amada... 


PORTO SOLIDÃO - Jessé

Se um veleiro
Repousasse
Na palma da minha mão
Sopraria com sentimento
E deixaria seguir sempre
Rumo ao meu coração...
Meu coração
A calma de um mar
Que guarda tamanhos segredos
Diversos naufragados
E sem tempo...
Rimas, de ventos e velas
Vida que vem e que vai
A solidão que fica e entra
Me arremessando Contra o cais...
Se um veleiro Repousasse
Na palma da minha mão
Sopraria com sentimento
E deixaria seguir sempre
Rumo ao meu coração...
Meu coração
A calma de um mar
Que guarda tamanhos segredos
Diversos naufragados
E sem tempo...
Rimas, de ventos e velas
Vida que vem e que vai
A solidão que fica e entra
Me arremessando
Contra o cais...


Twitter - @fatima_amorim 
Facebook - https://www.facebook.com/mfamorim

27 de nov de 2011

AINDA ONTEM EU TINHA VINTE ANOS...

Ainda ontem, tinha vinte anos saboreava a passagem do tempo e aproveitava a vida, gozando o amor e vivendo a noite
Sem reparar que meus dias iam se escoando
Foram tantos meus projetos de então que acabaram por dar em nada;
Minhas esperanças, que eram tantas, se desvaneceram
E me encontro perdido sem saber para onde ir
Os olhos buscando o céu mas o coração lançado em terra.
Ainda ontem, tinha 20 anos malbaratei o tempo pensando em retê-lo
E acreditando que o pudesse impedir de passar pus-me a correr e a correr até me esgotar
Para mim não contava o passado: eu só conjugava o futuro
Tomava conta de toda conversa e discussão
E dava minhas opiniões, que eu levava tão a sério, criticando o mundo com o maior desembaraço Ainda ontem, tinha 20 anos, mas perdi o tempo com bobagens que, no fundo, nada de definido deixaram em mim ha não ser algumas rugas na testa e este medo do tédio
Pois meus amores morreram antes mesmo de começarem a ser
Meus amigos se foram e já não mais voltarão
Eu mesmo sou o culpado do vazio que construí a meu redor
Destruí minha vida e minha juventude
Entre o bem e o mal, lancei fora o bem e por isso esse meu sorriso forçado e meu pranto também duro e gélido.Aonde foram parar, onde estão agora, os meus 20 anos?


(Patrick Bruel e Charles Aznavour)


Twitter - @fatima_amorim 
Facebook - https://www.facebook.com/mfamorim

20 de nov de 2011

VIDA NOVA


Você quer mudanças. Você pede prosperidade. Você quer sucesso.Mas acorda, vai ao espelho e não vê novidades.
A vida transcorre igual, pálida, sem motivação, sem a energia que você gostaria.
Sua voz interior sopra ” Vida Nova “, mas tudo parece distante e difícil.
A culpa fica por conta do patrão, da sogra, do governo, da falta de sorte
Aí você resolve mudar! Bem… “mas só segunda-feira” , ” dia 1º ” , “depois das férias” …
Não raro, prevalecem outros fatores condicionais:
“Se eu tivesse dez anos menos”, “se eu ganhasse na loteria” ou “quando eu me casar” , “quando eu me aposentar ” …
Desculpas não faltam, não é mesmo?
Hoje pode ser um novo dia. Basta você querer.
Se fizer as mesmas coisas de ontem, obterá os mesmos resultados de agora.
Então, é preciso agir diferente e, claro, com ousadia positiva e forte determinação.
Afinal, Deus nunca vai fazer por você aquilo que você mesmo pode fazer
Chega de enrolar a si próprio! É preciso agir! É preciso decretar as mudanças que tanto almeja!
Mudar”significa inovar, alterar costumes, processar com coragem e força de 
vontade as transformações que se fazem necessárias.
Chega de assistir à vida passar do alto da cômoda cadeira dos críticos!
Chega de se colocar na condição de vítima!
Você pode e sabe que pode melhorar a sua vida.
A conquista de uma Vida Nova requer persistência e autoconfiança.
Mas exige, sobretudo, que você elimine de vez o vício de tudo adiar, entendendo, definitivamente, que está mais do que na hora de mudar

Autor desconhecido

BONDADE. Pratique!


"Niguém nasce odiando outra pessoa pela sua cor de pele,, ou por sua origem ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se elas aprendem a odiar,podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais, extinta".


Nelson Mandela)

IMAGEM NO BLOG    http://ministerioinfantilepi.blogspot.com 


Monólogo das Mãos

14 de nov de 2011

Dia Mundial do Diabetes: Brasil pode ter 11 milhões de diabéticos


Estima-se que haja, pelo menos, 300 milhões de pessoas com diabetes em todo o mundo, e no Brasil, são cerca de 11 milhões de portadores, segundo dados do Ministério da Saúde e de sociedades médicas.
No Dia Mundial do Diabetes, lembrado hoje (14), o foco da campanha global, pelo terceiro ano seguido, é orientar a população para prevenir a doença, que mata uma pessoa a cada dez segundos no mundo – conforme estatística da Federação Internacional de Diabetes, ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS).
O desconhecimento sobre o que é a doença, os sintomas e o tratamento tem sido um dos obstáculos para conter essa epidemia global. A própria federação internacional estima que metade das pessoas não sabe que tem diabetes.
Apesar de muitos brasileiros terem um parente ou amigo com a doença, parte deles não sabe como evitá-la. “Muitos têm contato, mas não conseguem ajudar a pessoa próxima [com a doença]. E ficam incapazes de prevenir nelas mesmas”, alerta o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Walter Minicucci.
O diabetes tipo 2, que atinge mais pessoas, ocorre quando há aumento da taxa de açúcar (glicose) no sangue. Os sinais mais comuns são a sede excessiva, a perda de peso, a fome exagerada, a vontade de urinar muitas vezes, a difícil cicatrização de feridas, a visão embaçada, o cansaço e infecções frequentes. Alguns dos fatores de risco são a obesidade, o sedentarismo e o histórico familiar com casos da doença.
A prática de exercícios físicos e a alimentação equilibrada ajudam a evitar o diabetes tipo 2, que não tem cura.
Quando o diabetes não é tratado, aumenta o risco de o paciente ter um ataque cardíaco, ficar cego ou sofrer amputação de uma perna. (Agência Brasil)

13 de nov de 2011

AMIGO, UM ENSAIO


Difícil querer definir amigo. Amigo é quem te dá um pedacinho do chão, quando é de terra firme que você precisa, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta. Amigo é mais que ombro amigo, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas. 

É quem tentou e fez, e nao tem o egoísmo de não querer compartilhar o que aprendeu. É aquele que cede e nao espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um instante qualquer contigo já o realimenta, satisfaz. É quem já sentiu ou um dia vai sentir o mesmo que você.


É a compreensão para o seu cansaço e a insatisfação para a sua reticência.
É aquele que entende seu desejo de voar, de sumir devagar, a angústia pela compreensão dos acontecimentos, a sede pelo "por vir". É ao mesmo tempo espelho que te reflete, e óleo derramado sobre suas águas agitadas. É quem fica enfurecido por enxergar seu erro, querer tanto o seu bem e saber que a perfeição é utopia. É o sol que seca suas lágrimas, é a polpa que adocica ainda mais seu sorriso.

Amigo é aquele que toca na sua ferida numa mesa de chopp, acompanha suas vitórias, faz piada amenizando problemas. É quem tem medo, dor, náusea, cólica, gozo, igualzinho a você. É quem sabe que viver é ter história pra contar. É quem sorri pra você sem motivo aparente, é quem sofre com seu sofrimento, é o padrinho filosófico dos seus filhos. É o achar daquilo que você nem sabia que buscava.

Amigo é aquele que te lê em cartas esperadas ou não, pequenos bilhetes em sala de aula, mensagens eletrônicas emocionadas. É aquele que te ouve ao telefone mesmo quando a ligação é caótica, com o mesmo prazer e atençao que teria se tivesse olhando em seus olhos. Amigo é multimídia.

Olhos... amigo é quem fala e ouve com o olhar, o seu e o dele em sintonia telepática. É aquele que percebe em seus olhos seus desejos, seus disfarces, alegria, medo. É aquele que aguarda pacientemente e se entusiasma quando vê surgir aquele tao esperado brilho no seu olhar, e é quem tem uma palavra sob medida quando estes mesmos olhos estão amplificando tristeza interior. É lua nova, é a estrela mais brilhante, é luz que se renova a cada instante, com múltiplas e inesperadas cores que cabem todas na sua íris.

Amigo é aquele que te diz "eu te amo" sem qualquer medo de má interpretação : amigo é quem te ama "e ponto". É verdade e razão, sonho e sentimento. Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista.

Autor: (Marcelo Batalha)

12 de nov de 2011

A IDADE DE SER FELIZ



Existe somente uma idade para a gente ser feliz
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos


Uma só idade para a gente se encantar com a vida
e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo nem culpa de sentir prazer



Fase mágica,
em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria imagem e semelhança
e sorrir e cantar e brincar e dançar
e vestir-se com todas as cores
e entregar-se a todos os amores
experimentando todos os seus sabores
sem preconceito nem pudor



Tempo de entusiasmo e de coragem
em que todo desafio é mais um convite á luta
que a gente enfrenta com toda a disposição
de tentar algo novo,
de novo e de novo, e quantas vezes for preciso



Essa idade, tão fugaz na vida da gente,
chama-se presente,
e tem apenas a duração do instante que passa ...
... doce pássaro do aqui e agora
que quando se dá por ele já partiu para nunca mais!


O VALOR DO TEMPO


Imagine-se com uma conta corrente num banco multinacional chamado Existencial, onde, cada manhã, você acorda com um saldo de 86.400 segundos, nada sendo possível transferir para o dia seguinte.

Ao final de cada dia, seu saldo é zerado, mesmo que você por uma hipótese absurda, não tenha conseguido gastar aquele momento durante o decorrer das vinte e quatro horas últimas.

 Todos nós somos clientes especiais deste banco. Um banco que trabalha com o tempo

. Todas as manhãs sua conta é reiniciada, e todas as noites e sobras do dia vivenciado se evaporam. Não há retorno.

Você precisa gastar, vivendo no presente, o seu depósito diário. Invista, então, no que for melhor, na solidariedade, na saúde, na felicidade e no sucesso!

Faça o melhor para o seu dia-a-dia.

Para você perceber o valor de UM ANO, pergunte a um estudante que repetiu a série ou não passou no vestibular.

Para aquilatar o valor de UM MÊS, indague de uma mãe que teve o seu bebê prematuramente nascido.

Para avaliar o valor de UMA SEMANA, pergunte a um editor de jornal.

Para você entender o significado de UMA HORA, pergunte aos namorados que estão ansiosos por um encontro.

Para você perceber o valor de UM MINUTO, pergunte a um passageiro que perdeu um trem.

Para você compreender o valor de UM SEGUNDO, entreviste um pedestre que conseguiu evitar um acidente.

E para você dimensionar bem o valor de UM MILISSEGUNDO pergunte a um atleta que recebeu a medalha de prata numa Olimpíada.

MORAL

Valorize cada momento que você tem! E valorize mais porque você deve dividir seu tempo com pessoas especiais, especiais o suficiente para bem "gastar" o seu tempo com você.
Lembre-se de que o tempo não espera por ninguém. O ontem é história. O amanhã é um mistério. O hoje é uma dádiva. E é por isso que ele é chamado de Presente.

CARPE DIEM

"[...] é um conceito utilizado desde Homero na Ilíada e na Odisseia, e nascido como palavra na obra de Horácio. O sentido foi muito bem explicado no belo filme Sociedade dos poetas mortos. Carpe diem. Aproveite o dia. Aproveite a ocasião. Aproveite as circunstância."  (Cartas entre amigos - sobre ganhar e perder - Gabriel Chalita e Fábio de Melo)

6 de nov de 2011

FELICIDADE REALISTA - Martha Medeiros


De norte a sul, de leste a oeste, todo mundo quer ser feliz. Não é tarefa das mais fáceis. A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.



Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica, a bolsa Louis Vitton e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.

É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Por que só podemos ser felizes formando um par, e não como ímpares? Ter um parceiro constante não é sinônimo de felicidade, a não ser que seja a felicidade de estar correspondendo às expectativas da sociedade, mas isso é outro assunto. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com três parceiros, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um game onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio.


 Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.


5 de nov de 2011

FRAMBOESA


COMPOSIÇÃO: 
nas folhas há ácido tânico, ácido láctico, ácido succínico e ácidos não saturados, e nos frutos há a pectina, glicose e ácidos de fruta. As sementes secas ao ar obtém-se 13,5% de um óleo pouco espesso e de cor verde amarelada. A fruta possui frutose.

USO: 
folhas de framboesa com folhas de amoreiras são recomendados em catarros, nas irritações e inflamações das vias gastrintestinais, nas diarréias e catarros inflamatórios do intestino grosso e nas hemorragias por hemorróidas.Utilizado para melhorar o sabor de remédios farmacêuticos. Em compotas, doces, pastéis, etc.

INDICAÇÕES:

 as folhas da framboesa tem efeito anti-diarréico e antinflamatório. Em inflamações das gengivas e de garganta usar a folha por infusão e fazer enxágües ou gargarejos para acalmar. A fruta excita o peristaltismo intestinal de um excesso de ácidos pela sua grande riqueza em bases. A cura pela framboesa é indicada contra a prisão de ventre, e reumatismo e outras doenças metabólicas, sobretudo contra as doenças do fígado, dos rins e  hemorróidas. Boa para equilibrar a falta de vitaminas no organismo pois ela apresenta um conteúdo abundante de vitaminas. O suco de framboesa com água é indicado para tirar a sede e ajudar na cura de doentes com febre.

NOTA: 

A framboesa não é uma árvore; é um arbusto que mede aproximadamente a altura da cintura ou menos se for podada ou mais alta quando velha, podendo até ser cultivada em vasos dentro de casa. Cuidar para não deixar a terra sempre úmida, 

Não consegue dormir bem? Solidão pode ser a culpada


Segundo um novo estudo, sentir-se isolado e desconectado das pessoas ao seu redor pode impedir que você tenha uma boa noite de sono, mesmo que você não estiver ciente disso.



A pesquisa sugere que pessoas que se sentem solitárias tendem a experimentar mais agitação noturna e interrupções do que seus colegas mais bem ajustados.
Em parte, isso pode explicar por que a solidão tem sido associada com problemas de saúde como pressão alta, doenças cardíacas e depressão.

“Em experimentos de laboratório, quando as pessoas são intencionalmente acordadas várias vezes, isso parece ter efeitos sobre seu metabolismo. A sensibilidade à insulina cai, quase sugerindo que um sono ruim poderia colocá-los em maior risco de diabetes tipo 2, por exemplo”, explica a pesquisadora Lianne Kurina, professora de epidemiologia na Universidade de Chicago, EUA.

No estudo, a ligação entre solidão e interrupções de sono persistiu mesmo após os pesquisadores levarem em conta estado civil e tamanho de família.
Isso ressalta uma importante distinção entre a solidão e o isolamento social: a quantidade de pessoas que sentem solidão, em última análise, depende de como elas percebem sua situação social, e não da situação por si só.

“Pode haver pessoas com muitas conexões sociais que se sentem terrivelmente solitárias, e, por outro lado, há pessoas com relativamente pequenas redes sociais que se dão muito bem”, diz Kurina. “Diferentes pessoas têm diferentes necessidades em termos de relacionamentos – e é o espaço entre o que você quer e o que você tem que pode se transformar em solidão”.

Os 95 participantes do estudo tinham fortes conexões sociais, e faziam parte de uma comunidade muito unida, rural, em South Dakota, EUA. No entanto, mesmo pequenas diferenças em seus graus de solidão tiveram um impacto sobre seu sono.

Os participantes relataram quantas vezes sentiam a falta de companheirismo, se sentiam deixados de fora, ou isolados dos outros, etc. Os pesquisadores usaram essas respostas para criar uma escala de solidão padrão.

Então, por uma semana, os participantes usaram um dispositivo de pulso à noite que registrava o movimento do corpo e a perturbação do sono.

Cada aumento de um ponto na escala de solidão foi associado com um aumento de 8% em perturbações do sono e inquietação, mesmo quando os cientistas controlaram para idade, sexo, índice de massa corporal, distúrbio respiratório conhecido como apneia do sono, e emoções negativas como depressão, ansiedade e estresse.

A solidão não pareceu influenciar a qualidade do sono ou sonolência diurna, no entanto. Mais pesquisas serão necessárias para determinar se estas perturbações de baixo nível podem ter efeitos sobre a saúde, semelhantes aos observados em experimentos quando os voluntários são acordados, mas parece plausível que as consequências de saúde sejam comparáveis.

Segundo os pesquisadores, faz sentido que alguém que se sente sozinho e vulnerável possa acordar mais facilmente durante a noite, já que os primeiros seres humanos podem ter evoluído esta tendência para se proteger contra ameaças em potencial.

Mesmo agora, sentimentos de solidão podem ser saudáveis, pois eles podem encorajar os seres humanos a fazer conexões sociais. No entanto, problemas podem surgir se a solidão se tornar crônica.

“As pessoas muito solitárias, que sentem isso há um bom tempo, podem começar a esperar rejeição, até o ponto onde se torna uma profecia autorrealizável”, diz Kurina. Por esta razão, não é sempre útil dizer a alguém que se sente isolado e inseguro para apenas fazer amigos, arrumar um animal de estimação, ou procurar um amor.

Então, o que um coração solitário deve fazer?

Começar a reconstruir suas relações sociais de uma forma emocionalmente segura. “envolver-se em situações onde você não está, necessariamente, esperando que as pessoas lhe ‘deem’ algo, mas onde você é o que dá – como voluntariado, ou reuniões de interesse comum, como grupos de leitura”, diz a pesquisadora. “Aos poucos, você começará a ver o mundo – e seus relacionamentos – de uma forma mais positiva”.

Fonte: http://hypescience.com/nao-consegue-dormir-bem-solidao-pode-ser-a-culpada/