22 de out de 2012

Faltam três anos para país erradicar as piores formas de trabalho infantil

IMAGEM DA PESQUISA DO GOOGLE


De acordo com o compromisso firmado no Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador, o Brasil tem até 2015 para eliminar as piores formas do trabalho infantil e erradicar de uma vez o uso deste tipo de mão de obra até o fim de 2020. Este documento foi elaborado há dois anos pela Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (CONAETI) junto com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).
Embora otimista, Isa Oliveira, Secretária Executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPeti), pontua que é imprescindível uma aceleração neste combate e rever do foco da prioridade do enfrentamento no país. “Acredito que a mudança é possível desde que haja uma revisão dos programas de transferência de renda, além da adoção de medidas novas e imediatas, em que os governos federal, estadual e municipal se apoiem mutuamente.”
LEIA MAIS:

Um comentário:

  1. É necessários que toda a população se engaje nessa luta e principalmente nós que estamos nos preparando para sermos agentes colaboradores no processo de transformação da sociedade.

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI A SUA MARCA... COMENTE!!!